logo-branca-150

Já pensou que é possível ficar
livre dos óculos?

A CIRURGIA REFRATIVA ESTÁ AO SEU ALCANCE!

A Cirurgia Refrativa corrige Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia com precisão e segurança.

LIBERTE-SE DOS ÓCULOS
Diga adeus aos óculos e lentes de contato, gerando economia. 

SEM INTERNAÇÃO
Recuperação rápida. Você opera e tem alta no mesmo dia.

PROCEDIMENTO SEGURO
A cirurgia refrativa é extremamente segura.

ophthalmologist

O que é Cirurgia Refrativa?

Cirurgia Refrativa é o nome dado ao procedimento cirúrgico que faz a correção da Miopia, Astigmatismo, Hipermetropia e Presbiopia, conhecidos como Erros Refrativos. O procedimento é geralmente indicado aos pacientes que apresentem dependência dos óculos ou lentes de contato para enxergar. 

A visão nítida acontece quando os raios de luz encontram seu ponto de foco na retina. Quando a imagem não consegue achar o ponto certo de foco na retina, por desarranjo entre o tamanho do olho e o poder refrativo da córnea e do cristalino, acontecem os Erros de Refração, que provocam queda na nitidez da visão.

olho-humano-detalhe-min
Screen-Shot-03-17-20-at-03.37-PM

A Cirurgia Refrativa em BH no centro oftalmológico da NEO são procedimentos rápidos, dispensando a necessidade de internação, e muito seguros – riscos de complicações baixíssimos.

A melhor estrutura para cuidar de você!

O cirurgião oftalmologista do NEO é auxiliado por equipamentos da mais alta tecnologia de nosso centro oftalmológico, que garantem a precisão e segurança no tratamento dos erros refrativos.

bloco-min

Quais são os tipos de cirurgia refrativa
atualmente disponíveis?

As cirurgias refrativas podem ser divididas em 5 tipos:

01 – Excimer laser

São as cirurgias refrativas mais conhecidas, onde é utilizado um tipo de laser altamente preciso e rápido, que permite um tratamento personalizado das ametropias (miopia, hipermetropia e astigmatismo), através da ablação da superfície anterior da córnea, membrana que funciona como a principal lente natural dos olhos (“vidro do relógio do olho”). As técnicas atuais que utilizam o excimer laser são:

lasik

LASIK (Laser-assisted In Situ Keratomileusis):

Inicialmente é confeccionado um FLAP (camada) com um outro tipo da laser (Femtosegundo) ou uma lâmina (microcerátomo) na região mais superficial da córnea. Após levantado esse FLAP, o Excimer laser é aplicado em uma região mais profunda da córnea (estroma) para o tratamento (ablação) do “grau” do olho em questão, e então, após limpeza e irrigação exaustiva dessa interface tratada, o FLAP é reposicionado, sem necessidade de suturas. A anestesia é tópica (colírio) e o procedimento é rápido e indolor. Apresenta um tempo de recuperação curto e geralmente sem desconforto, com rápida recuperação visual. Colírios de antibiótico, antiinflamatório e lubrificantes são utilizados no período pós-operatório;

Observação: o flap confeccionado com o laser de femtosegundo proporciona uma cirurgia ainda mais precisa e com menor riscos de complicações, se comparado ao flap realizado com o uso da lâmina do microcerátomo.

prk

PRK (Ceratectomia Fotorrefrativa):

Nesta técnica, o epitélio da córnea (camada mais superficial) é retirado com o uso de uma espátula de córnea e/ou esponja de merocel, permitindo a exposição da área a ser tratada com o Excimer laser. Após a realização do laser, é aplicado por um curto período (em média 40 segundos), um produto quimioterápico tópico chamado Mitomicina, para prevenção da cicatrização excessiva da interface tratada. É feita uma limpeza exaustiva com irrigação da área tratada e uma lente de contato terapêutica sem grau (gelatinosa) é posicionada para auxílio no conforto pós-operatório. A anestesia é tópica (colírio) e o procedimento é rápido e indolor. O tempo de recuperação é um pouco mais extenso que o LASIK, podendo gerar algum desconforto como lacrimejamento, sensação de areia, fotofobia e dor leve nos primeiros dias, até a cicatrização do epitélio corneano. A lente de contato terapêutica é retirada em média com 5-7 dias de pós-operatório e a visão pode flutuar um pouco mais (1-2 meses), se comparada com o LASIK. Porém as atividades diárias, geralmente, podem ser retornadas após os primeiros 7-14 dias; Colírios de antibiótico, antiinflamatório e lubrificantes são utilizados no período pós-operatório. Analgésicos orais podem ser necessários;

Observação: atualmente, temos a opção de realizar a cirurgia de PRK 100% à laser, sem a necessidade de uso de espátula, esponja de merocel e/ou álcool diluído para a retirada do epitélio corneano, proporcionando uma cirurgia ainda mais segura, sem manipulação da córnea durante a cirurgia.

02 – Femtosegundo laser

Técnica de cirurgia refrativa mais recente, que utiliza o laser de femtosegundo para o tratamento personalizado da ametropia sem necessidade de confeção de FLAP ou remoção do epitélio corneano:

smile

SMILE (Small Incision Lenticule Extraction):

Consiste na confecção com o uso do laser de femtosegundo, de uma lentícula de tamanho variável, dependendo da “quantidade” de grau a ser tratado, na camada média da córnea (estroma). Uma pequena incisão de 3mm também é realizada com o laser. Após a confeção, com uma pequena pinça delicada, essa lentícula é separada do restante da córnea e retirada pela incisão; Não é necessário suturas. A anestesia é tópica (colírio) e o procedimento é indolor; Apresenta uma recuperação pós-operatória e visual rápida e indolor. É necessário o uso de colírios de antibiótico, antiinflamatório e lubrificante no pós-operatório.

03 – Implante de Lente Fácica (Intraocular)

Consiste no implante de lente intraocular com o objetivo de tratar o “grau” (ametropia) do olho operado. Utilizado principalmente nos casos de alta miopia / hipermetropia que não podem ser operados com a cirurgia à laser fotoablativa corneana (excimer laser/smile). São procedimentos rápidos e indolores, onde é confeccionado uma microincisão na região corneana para acesso intra-ocular e implante da lente dobrável (que irá abrir e ser pocisionada dentro do olho). A recuperação pós-operatório é indolor e relativamente rápida. A anestesia é tópica (colírio ou bloqueio anestésico). O uso de colírios de antibiótico e antiinflamatórios no pós-operatório são necessários. Existem basicamente 2 tipos de lentes fácicas intraoculares:

L1

Lentes de câmara anterior

Implantadas e fixadas acima da íris (parte colorida dos olhos), centralizadas na região da pupila;

L2

Lentes de câmara posterior

Implantadas e fixadas entre a íris (parte colorida dos olhos) e o cristalino (lente interna dos olhos localizada atrás da íris/pupila). 

04 – Cirurgia Faco-refrativa

É a cirurgia onde é realizada a substituição do cristalino (lente interna do olho) por uma lente intra-ocular definitiva. Essa cirurgia é realizada quando o paciente já apresenta algum grau de catarata (opacificação do cristalino) e durante o pré-operatório conseguimos definir através de exames e cálculos precisos a lente ideal a ser implantada. Portanto trata-se da cirurgia de catarata personalizada, com o objetivo de tratar além da catarata, o grau refracional daquele olho.

05 – Implante de anéis intra-estromais

Atualmente, em casos onde também os riscos superam os benefícios no tratamento com excimer laser corneano, o implante de anéis corneanos (anéis intra-estromais) com o objetivo de reduzir graus altos de miopia/astigmatismo e possibilitar, caso seja necessário, um tratamento seguro com excimer laser num segundo tempo, têm sido utilizado com elevado índice de sucesso e segurança.

Como funciona a aplicação do laser?

Um computador de precisão recebe os dados das medidas do grau e da curvatura dos olhos de cada paciente. Com isso, este computador aciona os pulsos de laser de baixa frequência, que removem pequenas camadas do tecido da córnea para rearranjar a sua curvatura.

Cirurgia-Refrativa-min

Na correção da Miopia, a curvatura da córnea central é mudada através da retirada de camadas microscópicas tornando-a mais plana. Este tratamento de miopia em bh é altamente seguro. O astigmatismo é corrigido da mesma forma, com o tratamento da córnea no meridiano mais curvo. Na hipermetropia o laser remove tecido da parte mais periférica da córnea, consequentemente, aumentando a curvatura central da córnea. O tratamento de hipermetropia em bh pode ser realizado com os especialistas do NEO.

O que é a cirurgia refrativa personalizada?

cirurgia-refrativa-em-bh-neo

Na cirurgia refrativa à laser personalizada, com o auxílio de outros equipamentos especiais, que se comunicam com a plataforma do laser, conseguimos fazer um mapeamento de toda a superfície corneana de forma que o tratamento seja individualizado para cada olho. Assim o tratamento não se restringe a corrigir somente o erro refrativo durante a aplicação do laser (miopia, hipermetropia e astigmatismo). Ele consegue regularizar ao máximo pequenas irregularidades que possam ocorrer na superfície corneana de cada paciente, aumentando o potencial e qualidade de visão após o tratamento.

Quais os exames complementares necessários para a avaliação da cirurgia refrativa?

Para um procedimento seguro, após uma avaliação minunciosa durante a consulta da saúde ocular e sistêmica, precisamos avaliar a córnea de forma estrutural e micrométrica. Nesses exames , conseguimos identificar e fazer uma triagem da estrutura corneana, minimizando as chances de possíveis complicações a curto, médio e longo prazo . Sabemos que durante a cirurgia fotoablativa com excimer laser, precisamos aplanar a córnea central para tratar os “graus” de miopia / astigmatismo e encurvar a córnea na região central para tratar os “graus” de hipermetropia; Para fazer isso, o laser induz a ablação e afinamento da córnea em regiões precisas. Portanto, quanto maior a ametropia a ser tratada, maior o consumo e afinamento corneano necessário; Assim, é imprescindível a avaliação de todas as estruturas corneanas (camadas), assim como sua curvatura, espessura, transparência, “desenho morfológico” e seu comportamento biomecânico estrutural desde a periferia até a região central; Temos todas as mais avançadas tecnologias para avaliação de cirurgia refrativa disponíveis em nosso hospital:

 Topografia Corneana: 

Exame no qual avaliamos a superfície e a curvatura anterior da córnea, identificando a morfologia e regularidade/astigmatismo de toda a córnea; (exame possui cobertura pelas operadoras de saúde);

 Microscopia Especular da Córnea: 

Nesse exame avaliamos a saúde da camada mais interna da córnea , chamado endotélio. Apesar de na teoria não ser afetada pelo excimer laser durante o procedimento, uma correta documentação para acompanhamento futuro é importante . (exame possui cobertura pelas operadoras de saúde);

 Paquimetria ultrassônica de córnea: 

Exame no qual avaliamos através do contato de uma sonda pontual a espessura total da córnea central (exame possui cobertura pelas operadoras de saúde);

 Tomografia de Córnea: 

Tecnologia mais recente, consiste em uma avaliação computadorizada 360 graus através do método de fotografia de Scheimpflug, capaz de demonstrar em diversos mapas precisos e índices, características de toda a estrutura corneana, como curvatura anterior e posterior, elevação anterior e posterior, asfericidade e espessura corneana em toda a sua superfície, além do tamanho pupilar e corneano com exatidão. Atualmente, consiste em uma ferramenta indispensável no arsenal de triagem da cirurgia refrativa, principalmente para aqueles casos onde não identificamos alterações discretas nos exames tradicionais de topografia / paquimetria corneana. (exame sem cobertura pelas operadoras de saúde);

 Tomografia de Coerência Óptica 

Método detalhado de avaliação das camadas, morfologia, transparência e espessura corneana, capaz de identificar irregularidades, afinamentos e opacidades em todas as camadas corneanas; (exame sem cobertura pelas operadoras de saúde);

 Aberrometria: 

Exame utilizado para identificação das aberrações de alta ordem (alterações oculares não corrigidas com óculos) que podem ter influência na qualidade de visão do paciente; (exame sem cobertura pelas operadoras de saúde).

Existe uma técnica cirúrgica invariavelmente
melhor do que a outra?

Não. Todas as técnicas descritas são bem definidas e documentadas, com excelente quantidade de casos descritos por todo o mundo, com segurança e baixo índices de complicações. Porém, cada técnica tem suas peculiaridades e limitações, cabendo ao especialista indicar a técnica mais adequada para cada caso.

Quais os principais cuidados pós-operatórios
da cirurgia refrativa à laser?

– Uso correto dos colírios prescritos;
– Evitar uso de toalhas para limpar os olhos. Usar lenços descartáveis caso seja necessário;
– Proteção solar (principalmente PRK) com óculos com filtro UV (escuros) no primeiro ano;
– Evitar banhos de mar, piscina, lagos, rios, cachoeiras nos primeiros 30 dias;
– Lavar as mãos com água e sabão com frequência e antes de usar os colírios;
– Não levar as mãos aos olhos;
– Não coçar os olhos;
– Afastamento das atividades em torno de 5-7 dias a depender da técnica utilizada;
– Evitar esportes de contato físico intenso após o LASIK;
– Fazer o acompanhamento pós-operatório e de rotina como indicado pelo médico após o procedimento.

O meu convênio cobre a cirurgia refrativa?

De acordo com o Rol de procedimentos da ANS, as operadoras de saúde tem cobertura obrigatória de cirurgia refrativa (LASIK ou PRK) nos casos que atenderem os seguintes quesitos:

– Idade maior que 18 anos;

– Estabilidade refracional por pelo menos 1 ano;

– Miopia moderada ou grave (maior que 5 graus e menor que 10 graus) associada ou não a astigmatismo até no máximo 4 graus;

– Hipermetropia até 6 graus associada ou não a astigmatismo de até no maximo 4 graus;

Observação: as técnicas de cirurgia refrativa personalizada, assim como o uso de femtosegundo para confecção do flap na cirurgia do LASIK não têm cobertura pelos convênios de saúde.

Considerações Finais sobre
a Cirurgia Refrativa:

Como você pôde ver no texto acima, as cirurgias refrativas nos olhos são seguras, rápidas e são extremamente eficazes na correção da visão que está prejudicada por Miopia, Astigmatismo, Hipermetropia ou Presbiopia.

Apesar de ser um procedimento realizado a laser, é normal que o olho fique um pouco irritado nas primeiras horas ou dias após a Cirurgia. Os olhos poderão lacrimejar, a visão ficará um pouco embaçada, e você sentirá a sensação de areia. Estes efeitos são esperados, e são normais. Para aliviar essa sensação, use colírios.

A recuperação rápida no pós-cirúrgico depende bastante do próprio paciente. Mantenha a rotina de cuidados citados acima, e siga à risca as instruções do seu oftalmologista especialista em cirurgias nos olhos. Além de garantir a boa recuperação da sua visão, o período de recuperação ficará menor e mais confortável.

E contacte o seu oftalmologista imediatamente, se você perceber sintomas estranhos.

Qual o preço da Cirurgia de Erros Refrativos no Núcleo de Excelência em Oftalmologia?

Se você estiver tratando com um médico sério, como os médicos especialistas em cirurgia refrativa do Núcleo de Excelência em Oftalmologia em Belo Horizonte, poderá ter certeza de que as indicações visam exclusivamente o seu bem estar.

O Código de Ética Médica também menciona a combinação de preço antes da cirurgia de erros refrativos. O médico precisa estimar o valor do procedimento e informá-lo ao paciente. Assim como se é possível planejar a cirurgia através dos planos de saúde. Não é possível, no entanto, fazer isso sem a consulta médica no consultório, uma vez que é vetada a consulta, diagnóstico ou prescrição por meios de comunicação de massa.

Agende já seus exames pré-operatórios no Núcleo de Excelência em Oftalmologia em Belo Horizonte, e saiba o preço da Cirurgia de Erros Refrativos em nosso centro oftalmológico!

Qual o preço da Cirurgia de Erros Refrativos no Núcleo de Excelência em Oftalmologia?

Se você estiver tratando com um médico sério, como os médicos especialistas em cirurgia refrativa do Núcleo de Excelência em Oftalmologia em Belo Horizonte, poderá ter certeza de que as indicações visam exclusivamente o seu bem estar.

O Código de Ética Médica também menciona a combinação de preço antes da cirurgia de erros refrativos. O médico precisa estimar o valor do procedimento e informá-lo ao paciente. Assim como se é possível planejar a cirurgia através dos planos de saúde. Não é possível, no entanto, fazer isso sem a consulta médica no consultório, uma vez que é vetada a consulta, diagnóstico ou prescrição por meios de comunicação de massa.

Agende já seus exames pré-operatórios no Núcleo de Excelência em Oftalmologia em Belo Horizonte, e saiba o preço da Cirurgia de Erros Refrativos em nosso centro oftalmológico!

Menina2

QUER AGENDAR UMA AVALIAÇÃO?

LIGUE AGORA:

(31) 3235-0003

Diretor Técnico: Dr. Rodrigo Versiani - CRM/MG: 34376 - RQE 30648
Copyright 2020. All Rights Reserved by NEO - Oftalmologista em BH. By Design. Webmakers

Usamos cookies para personalizar sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade